sábado, 5 de agosto de 2017

Que viva México! (1979_Da zdravstvuyet Meksika!) DVD-R

Up by Fedrigo


Gênero: Documentário
Ano de lançamento: 1979
Áudio: Russo + Legendas
Duração: 90 minutos
Tamanho: 4,19 GB
Extensão: ISO
Sinopse: 

Versão original

O filme foi deixado inacabado por Eisenstein, e de qualquer modo nunca foi previsto ter um argumento linear. A história era altamente estruturada, e consistiria em quatro "novelas" ou "cenários" mais um prólogo e um epílogo. Como refere Bordwell, a ordem precisa e conteúdo destes episódios "mudava constantemente", mas "o filme no seu global descrevia a história do México dos tempos pré-coloniais, da conquista espanhola e indo até à época contemporânea". Cada episódio teria um estilo próprio e distinto, seria "dedicado a um artista mexicano diferente", e teria sido "baseado em algum elemento primário (pedra, água, ferro, fogo, ar)". A banda sonora para cada caso iria ter uma canção folclórica mexicana distinta. Além disso, cada um dos episódios narraria a história de um par romântico; e "abarcando todas as partes estaria o tema da vida e morte, culminando na ridicularização da morte".

Reconstrução de Aleksandrov

A estrutura do filme, na reconstrução de Aleksandrov, é de quatro episódios, mais um prólogo e um epílogo. O prólogo apresenta imagens alegóricas ao México pré-hispânico. O episódio "Sandunga" recria os preparativos de uma boda indígena em Tehuantepec. "Fiesta" aborda o ritual da "fiesta brava", enquanto "Maguey" encena a tragédia de um camponês vitimado por se rebelar contra o seu patrão. "Soldadera" (episódio não filmado) apresentaria o sacrifício de uma mulher revolucionária. O epílogo, também conhecido como "Dia de mortos", refere-se ao sincretismo das diversas visões que coexistem no México à volta do tema da morte.
Diretor: Sergei Eisenstein
Roteiro: Grigori Aleksandrov
Elenco: Félix Balderas, Martín Hernández, David Liceága, Julio Saldívar, Isabel Villaseñor, ...
Nota: Informações baseadas da capa do DVD e/ou da Internet. Qualquer erro favor nos informar. Obrigado.

Nenhum comentário:

Postar um comentário