sábado, 2 de junho de 2018

Ben-Hur (1959_Ben-Hur) - DVD9 - Quádruplo

Up by Fedrigo

Gênero: Aventura, Drama, Romance, Religião, DVD9
Ano de lançamento: 1959 / 1925
País de produção: 1959 -  / 1925 - EUA
Áudio:
1959 - Inglês, Português, Espanhol
1925 - Mudo
Legendas:
1959 - Inglês, Português, Espanhol
1925 - Português, Espanhol, Chinês, Coreano, Tailandês
Duração:  minutos
Tamanho: Disco 1 - 6,87 GB / Disco 2 - 3,91 GB / Disco 3 - 5,83 GB / Disco 4 - 6,26 GB
Extensão: ISO
Sinopse:
1959 - Em Jerusalém, no início do século I, vive Judah Ben-Hur (Charlton Heston), um rico mercador judeu. Mas, com o retorno de Messala (Stephen Boyd), um amigo da juventude que agora é o chefe das legiões romanas na cidade, um desentendimento devido a visões políticas divergentes faz com que Messala condene Ben-Hur a viver como escravo em uma galera romana, mesmo sabendo da inocência do ex-amigo. Mas o destino vai dar a Ben-Hur uma oportunidade de vingança que ninguém poderia imaginar.
1925 - Ao contrário da premiada versão de 1959, esta procura se manter fiel ao romance de Lew Wallace. Sua trama central gira em torno da disputa entre dois homens: o aristocrata judeu Judá Ben Hur, e seu amigo de infância, o romano Messala - que se torna o ambicioso comandante da guarnição militar de Jerusalém. Messala quer que o amigo lhe revele os nomes dos que conspiram contra o domínio romano na Judeia, mas Ben Hur - que parece conhecê-los, ainda que não se envolva, politicamente, com eles - nega-se a ser um delator. A desforra do romano vem dias depois, quando ocorre um acidente durante a chegada do governador (praefectus), Valério Grato. Acusado de atentar contra a vida de Grato, Judá é preso, juntamente com sua família. Seu destino será o de passar o resto de seus dias preso ao banco de remador, em uma galera romana.
Todavia, por salvar a vida do cônsul Quinto Árrio, durante uma batalha naval, Ben Hur readquire sua liberdade e volta à Judeia, tendo um único propósito: vingar-se de Messala. O ajuste de contas se dá numa corrida de quadrigas, onde os soberbos cavalos árabes do sheik Ilderim, conquistam uma vitória espetacular. Antes disso, ele conhece e se envolve com a sensual (e traiçoeira) egípcia, Iras.
Mas a satisfação de Ben Hur é conspurcada ao saber que suas mãe e irmã, mantidas presas numa úmida prisão romana, contraíram lepra (Hanseníase) e estão condenadas a viver na caverna dos leprosos. Então, seu ódio se volta contra todos os romanos, e ele se torna um nacionalista revolucionário, como os Zelotas. Na convicção de que Jesus (cuja pregação atraía um número crescente de seguidores) é o Messias davídico, que veio para acabar com o domínio estrangeiro e instalar o "Reino de Deus" em uma Judéia purificada, ele usa sua riqueza para treinar e equipar (secretamente) uma tropa, pronta para apoiar o "rei dos judeus", quando chegar o momento. Ocorre que, antes disso, Jesus é preso e crucificado.
O filme termina quando a mãe e a irmã de Ben Hur recuperam, milagrosamente, a saúde, e ele se entrega ao amor sincero de Ester, filha de seu fiel servidor, Simônides. Obviamente, todos eles se tornam cristãos.
Conteúdo:
Discos 1 e 2: O filme de 1959
Nova transferência digital da película original.
Menu estático.
Escolha de cenas.
Idiomas e legendas – Inglês, Português, Espanhol.
Original em Inglês: Comentários do historiador T. Gene Hatcher com Charlton Heston; somente trilha sonora.
Comentários de T. Gene Hatcher com Charlton Heston (sem legendas em português)
Somente Trilha Sonora
Disco 3
Versão de 1925 – Filme mudo em Preto&Branco e colorido com fundo musical da orquestra de Carl Davis.
Disco 4
2005 - Documentário - O Épico que Mudou o Cinema;
1994 - Documentário - O Making of de um Épico;
Uma Jornada no Cinema;
Teste de Imagens;
Galeria de Notícias Clássicas;
Destaques da Cerimônia do Oscar® de 04/04/1960;
Trailers de Cinema (sem legendas em português).
IMDB: 1959 - 8,1 / 1925 - 8,00
Diretor:
1959 - William Wyler
1925 - Fred Niblo, Não creditados (Charles Brabin, Christy Cabanne, J.J. Cohn, Rex Ingram)
Elenco: 
1959 - Charlton Heston, Jack Hawkins, Haya Harareet, Stephen Boyd, Hugh Griffith, Martha Scott, Cathy O'Donnell, Sam Jaffe, Finlay Currie, Frank Thring, Terence Longdon, George Relph, André Morell, ...
1925 - Ramon Novarro, Francis X. Bushman, Betty Bronson, Claire McDowell, Kathleen Key, Carmel Myers, Nigel De Brulier, Mitchell Lewis, Leo White, Frank Currier, Charles Belcher, Dale Fuller, Winter Hall, ...
Outros títulos e data de lançamento:
Curiosidades:
- Outros nomes cogitados - O ator Burt Lancaster recusou o papel de Judah Ben-Hur porque, segundo o ator, a história continha morais violentas as quais discordava. Além de Lancaster, os atores Marlon Brando e Rock Hudson também recusaram o papel-título.
- Salvação - A produção de Ben-Hur foi uma bem-sucedida tentativa da MGM de sair da ameaça de falência.
- Envolvimento a mais - Gore Vidal declarou certa vez que o roteiro original previa um relacionamento homossexual entre Ben-Hur e Messala. Como o diretor William Wyler sabia que Charlton Heston nunca aceitaria interpretar um personagem com nuances homossexuais, Vidal instruiu Wyler a apenas contar a Stephen Boyd, intérprete de Messala, sobre este relacionamento. Este fato pode ser notado no próprio filme pelas diferenças no modo de falar de Ben-Hur e Messala.
- Problemas de produção -A MGM, produtora do filme, queria que um autêntico barco romano fosse utilizado nas cenas de batalha de Ben-Hur. Para tanto, contratou um engenheiro que havia estudado durante toda sua carreira arquitetura romana. Quando ele apresentou o design do barco aos engenheiros da MGM, estes disseram que o barco afundaria, pois era muito pesado. Ainda assim o barco foi construído e, ao ser colocado no oceano, inicialmente flutuou. Porém, logo após uma pequena onda fez com que o barco afundasse. Deste modo, a MGM resolveu colocar o barco em um gigantesco tanque onde suas cenas seriam rodadas, com cabos prendendo o barco ao tanque. Além disso, outro problema enfrentado era conseguir dar à água o tom azul-mediterrâneo necessário para que as cenas ali rodadas parecessem reais. A água inicialmente era marrom e escura e, para conseguir a tonalidade de cor necessária, foi utilizado um composto químico que, apesar de fazer com que a água ficasse azul, fez também com que fosse formada uma crosta em toda a superfície da água, que precisou ser toda retirada do tanque por operários da MGM. Um dos figurantes caiu na água e lá ficou por muito tempo. Ao sair, este extra estava totalmente azul e teve seu salário pago pela MGM até que a cor saísse de sua pele.
- História boa é contada mais de uma vez! - Esta é a 3º adaptação para as telas de cinema de Ben-Hur. As anteriores ocorreram em 1907 e em 1926, ambas sendo homônimas e mudas. Mais uma versão está prevista para 2016.
- Recordista de prêmios - Ben-Hur é um dos recordistas de Oscars recebidos, com 11 estatuetas, estando empatado com Titanic (1997) e O Senhor dos Anéis - O Retorno do Rei (2003).
Nota: Informações baseadas da capa do DVD e/ou da Internet. Qualquer erro favor nos informar. Obrigado.
Lema: "Os cães ladram e a caravana passa."



2 comentários: